SEDE

SEDE
SEDE

29.12.15

Conselhos de segurança homenageiam autoridades

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Marcelo Nilo (PDT), ao lado do deputado Alex Lima (PTN) e do assistente Militar da Assembleia Legislativa, o coronel da Polícia Militar, Iuri Sampaio, receberam ontem o título de Sócio Benemérito, em reconhecimento aos serviços e apoio prestados à Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado da Bahia (FECONSEG-BA). 
A FECONSEG-BA é uma entidade autônoma, sem fins lucrativos, fundada em 11 de janeiro de 2000, em Salvador, com o objetivo de formar os conselhos comunitários de Segurança Pública. Esses conselhos são compostos por moradores do mesmo bairro ou município, que se reúnem para analisar e propor soluções para os principais problemas de segurança local, além de acompanhar as ações desenvolvidas. 
Para Marcelo Nilo, a atuação dos conselhos é uma prova de que a sociedade também pode contribuir para manter a paz. “O governo está fazendo o seu papel, mas o cidadão também pode contribuir para a prevenção da violência”, acredita ele. Também homenageado, o deputado Alex Lima contou que o trabalho voluntário das pessoas que formam o conselho de segurança reforça o trabalho da SSP no combate a criminalidade. “Quando a sociedade trabalha pela paz ajuda o governo a cumprir o seu papel”.
O presidente do Conselho de Segurança de Mussurunga, Joceval Tibúrsio, explicou que a homenagem da Federação é um reconhecimento do apoio da Assembleia ao trabalho deles. “Sempre que precisamos, a Assembleia, que é a casa do povo, abre suas portas para nós”, explicou ele.
 

 


21.11.15

Evento - Iº O Policiamento Comunitário e o Despertar para a Cidadania

Iº SEMINÁRIO O POLICIAMENTO COMUNITÁRIO E O DESPERTAR PARA A CIDADANIA
Ocorrido na Assembleia Legislativa da Bahia no dia 20/11/2015.
Iniciativa: FECONSEG-BA E PMBA.


A Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado da  Bahia (FECONSEG-BA), realizou juntamente com a PMBA o I Seminário Policiamento Comunitário e o Despertar para  Cidadania: Dialogando Ações e Soluções, onde reuniu especialistas em Direitos Humanos, a Sociedade Organizada, Governo do Estado, Poder Legislativo Estadual, Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, Empresários e Cidadãos para dialogar novas abordagens para a temática.







 



14.11.15

Iº SEMINÁRIO O POLICIAMENTO COMUNITÁRIO

Iº SEMINÁRIO O POLICIAMENTO COMUNITÁRIO E O DESPERTAR PARA A
CIDADANIA - Dialogando Ações e Soluções.
Data: 20 de Novembro de 2015
Das 08h30m as 19h.
Inscrições no site: http://www.feconsegpmecidadania.com.br/

video

10.11.15

Caminhada da Paz

Caminhada da Paz que ocorreu durante o aniversário  da escola Mestre Paulo e da 15ª CIPM.
 PMBA E COMUNIDADE NA CORRENTE DO BEM
PROMOVENDO A PAZ


   
 



9.11.15

Reunião no Vale do Jiquiriçá


 
 Prefeitos do Vale do Jiquiriçá se reúnem em Jaguaquara e discutem segurança pública.

CVJ-em-Jaguar-BlogMarcosFrahm
Prefeitos de cidades que integram o Consórcio do Vale do Jiquiriçá - CVJ, reuniram - se nesta sexta-feira (9/10) em Jaguaquara para discutir segurança pública na região. O encontro, realizado no Espaço Jô Buffer, no bairro Muritiba, contou com as presenças de Francisco Alves Borges, presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado da Bahia - FECONSEG-BA e o Tenente Coronel Antonio Deiró, que explanaram sobre segurança e apresentaram aos gestores públicos o Plano de Segurança Pública Municipal. De acordo com o presidente do CVJ, o prefeito de Lafaiete Coutinho, Zenildo Brandão - Zé Cocá, o objetivo do evento foi discutir os compromissos para a implantação do conselho de segurança nos respectivos municípios que integram o Vale do Jiquiriçá.
”É muito importante discutirmos a segurança em nossos municípios e nos empenharmos para que cada cidade tenha um conselho de segurança. Temos que unir forças para o bem comum em nossa região, onde a violência tem nos preocupado. A cada dia, por exemplo, acordamos na expectativa de saber através da imprensa qual foi à cidade da região que teve banco explodido. É uma triste realizada e, nós, na condição de representantes do povo, precisamos buscar parcerias com os órgãos de segurança para mudar essa história, para tentarmos dar tranquilidade ao nosso povo”, destaca Cocá, que disse ter entregado recentemente, junto com outros gestores, um projeto com medidas de segurança para a região ao secretário de Segurança Pública do Estado, Maurício Barbosa. ”Entregamos ao governo um projeto, elaborado, em nome do consórcio, para medidas de segurança num convênio entre municípios e estado, para evitar que a situação que já é grave se torne ainda pior, nessa questão de violência. O projeto exige uma atenção maior das prefeituras e do governo nessa área”, sentenciou. Ainda segundo Zé Cocá, ficou acordado que, o presidente da FECONSEG-BA e o Tenente Coronel Antonio Deiró fará visita de inspeção aos municípios para finalizar o processo de criação dos conselhos municipais de segurança em todas as cidades associadas ao CVJ. 


 IMG-20151011-WA0008
IMG-20151011-WA0007

Convite - Criação do Conseg Imbuí


29.10.15

Parceria TJBA



Parceria entre TJBA e Polícia Militar prevê centros de solução de conflitos em bases comunitárias

Os  Centros  Judiciários  de  Solução Consensual de Conflitos (Cejusc), do Tribunal de Justiça da Bahia, vão apoiar as bases comunitárias da Polícia Militar e o trabalho de mediação promovido pela instituição.RICA
As  tratativas  para  firmar  o  acordo  ganharam mais um capítulo nesta quarta-feira (28), com uma  reunião no  tribunal.  Participaram  do  encontro o assessor especial da Presidência para Assuntos   Institucionais    (AEP II),   juiz   Anderson   Bastos;   major   Couto,  representando  o Departamento  de  Polícia  Comunitário   e   Direitos   Humanos;  e  o  tenente  coronel  Deiró, representando o Conselho Municipal de Segurança.
O tribunal já participará da 1ª Turma do Curso de Mediação para Policial na Base Comunitária, em 3 de novembro, no auditório do Departamento de Apoio Logístico, no Centro Administrativo da Bahia.



Os    Cejuscs      oferecem mediação   e    orientação  jurídica,     e    promovem audiências de  conciliação  em questões  de   pensão  de   Alimentos,    divórcio consensual e  dissolução  de União Estável, dentre  outras   demandas,   nos  moldes  do que é realiza-do  pelo  projeto   Balcão    de  Justiça   e  Cidadania.
Estudos     estão    sendo
realizados  pela   equipe dos  centros   judiciários para a implementação de projeto   piloto em   bases   comunitárias   para  atuação  conjunta  de  incentivo à mediação.
A Polícia Militar conta com 17 bases comunitárias: dez em Salvador e sete no interior do estado.
A  futura  parceria  também   terá  como   objetivo  difundir  os  Conselhos  Comunitários  de Segurança  Pública  pelo  interior. Atualmente são 174 conselhos. A meta da Federação dos Conselhos Comunitários é atingir 500 conselhos em todo o Estado.
Também   estiveram  presentes   no  encontro  o  presidente  da  Federação  dos  Conselhos Comunitários  de  Segurança Pública do Estado da Bahia, Francisco Borges; a presidente do Conselho  de  Mediação,  Conciliação e  Arbitragem do Estado da Bahia, Uilma Augusta; e o servidor da AEP II, Alberto Abbehussen.


Criação da CBFCCSP


                               CONFERÊNCIA NACIONAL

CONFEDERAÇÃO  BRASILEIRA DAS  FEDERAÇÕES DOS CONSELHOS COMUNITÁRIOS DE SEGURANÇA PÚBLICA

  A Diretoria da Confederação Brasileira das Federações dos Conselhos Comunitários  de  Segurança  Pública e  as Federações Associadas reunidas na 1ª Conferência Nacional, nos dias 23 e 24 de outubro de 2012, em Salvador/BA vêm à sociedade e às autoridades constituídas para apresentar análise e proposições para uma Política Nacional de Segurança Pública.
  • Considerando que se verifica no Brasil um dos maiores índices de homicídios e baixos índices de resolução de crimes, apesar dos esforços dos diferentes gestores ao longo do tempo e do aumento do orçamento desta área;
  • Considerando que essa situação vem deixando os cidadãos reféns da criminalidade e se constitui num importante entrave ao desenvolvimento econômico e social do país, inibindo o empreendedorismo, as pequenas e médias empresas geradoras de empregos, onerando os grandes empreendimentos e ainda, impedindo investimentos internacionais;
  • Considerando que a segurança pública necessariamente terá de ser a principal atribuição dos governos nos próximos anos para permitir o desenvolvimento sustentável e socialmente justo.
 

Conseg Bairro da Paz



          Conselho Comunitário de Segurança é criado no Bairro da Paz
Para ampliar a participação popular na elaboração de políticas públicas e, consequentemente, melhorar os índices de segurança pública, o Conselho Comunitário de Segurança (Conseg) do Bairro da Paz, em Salvador, foi criado na tarde desta quinta-feira (18). A diretoria executiva do Conseg é composto por 13 moradores, que ficarão à frente do conselho por três anos. Com apoio do programa Pacto pela Vida, a intenção é que os integrantes do Conseg atuem como interlocutores do bairro em prol do fortalecimento e da ampliação das políticas públicas que estão em andamento, bem como as que estão previstas para a comunidade.

Aos 27 anos, Marcelo Santos é o presidente eleito do Conseg Bairro da Paz. Segundo ele, todo processo democrático é importante para proporcionar melhorias e políticas positivas. “[O Conseg] vai dar oportunidade [para] que a gente tenha esse elo com o poder público, que sejamos ouvidos por qualquer órgão representativo. Vamos ter essa ligação. Seremos escutados”.
De acordo com o presidente da Federação dos Conselhos Comunitários de Segurança Pública do Estado da Bahia (Feconseg-BA), Francisco Borges, a mobilização para viabilizar a criação do Conseg no local foi feita juntamente com a Base Comunitária de Segurança (BCS). “Logo após a criação dos Consegs, os resultados têm sido bastante positivos, tanto na interação dos trabalhos e projetos sociais [quanto] na diminuição dos índices de criminalidade”.

A base comunitária foi implantada em setembro de 2012 no Bairro da Paz. Desde então, a população tem sido contemplada por uma série de ações coordenadas pelo Governo do Estado, por meio do Pacto pela Vida. Segundo o comandante da base, capitão PM Henrique Alves, a criação do Conseg, além de aproximar ainda mais a segurança pública dos cidadãos, vai contribuir para que as ações estejam alinhadas com os anseios dos moradores. “Com a criação do conselho, nossos projetos sociais vão ser fortalecidos”. Além de representantes da Polícia Militar da Bahia (PMBA), a superintendente de Apoio e Defesa dos Direitos Humanos, Anhamona de Brito, participou do evento.